Há uns 20 anos conheci um senhor com quase 70 anos, muito feliz, alegre e super apaixonado pela sua esposa.

Nessa época ainda nem pensava em fazer arquitetura, então esse texto não vai falar sobre arquitetura.

Estava em uma festa, já não me lembro dos detalhes porém um ponto marcou e mudou totalmente a minha forma de ver o casamento entre duas pessoas.

Após um tempo de conversa contagiante com o senhor, daquelas que você pode ficar a noite toda conversando, ele me perguntou:

Você sabe qual é o segredo para um casamento duradouro?
imagem_02

Hoje aos 35 anos, minha resposta teria sido outra, mas com toda minha experiência de 15 anos de vida, eu disse:

– Ainda não tive muitos relacionamentos, mas acredito que o desafio está em encontrar alguém com quem você tenha afinidade e queira passar o resto da vida juntos.

Ele começou a rir e me respondeu ainda às gargalhadas:

– Não! O segredo é se casar várias vezes!

– Eu já me casei 4 vezes!

– Já não sou tão jovem como você, tenho quase 70 anos, mas se tudo andar como o esperado, pretendo me casar ainda mais umas 3 vezes!

Ele era uma daquelas pessoas que ficava em silêncio durante um bom tempo entre uma frase e outra… E para aumentar o suspense, ele estava tomando um gole bem demorado de sua bebida.

imagem_03

Eu tinha ficado super sem graça, porque ele havia falado isso ao lado de sua esposa, que também estava na conversa. Afinal, só estávamos nós três sentados à mesa.

No momento, eu estava tão chocado que não havia me tocado que a esposa continuava carinhosamente com a sua mão acariciando a dele. Se eu tivesse percebido, teria ficado ainda mais confuso!

Algum tempo depois ele continuou:

– Já me casei 4 vezes com tudo que tinha direito.

E novamente o senhor parou para tomar sua bebida sem nenhuma pressa, e continuou:

Casei 4 vezes com… Festa de gala!

Casei 4 vezes com… Lua de mel!

Casei 4 vezes com… Casa nova e tudo novo!

Pensei comigo mesmo, “Agora pronto… Não entendi mais nada!”

Nesse momento estava pensando em uma boa desculpa para me levantar da mesa e não voltar, afinal era uma festa grande e cheia de mesas. Com certeza encontraria outra mesa para me sentar.

imagem_04
De repente a esposa disse:

– Eu também me casei várias vezes!

– Para ser mais precisa 4 vezes!

– E também quero me casar mais umas 3 vezes!

Sabe aqueles momentos na vida em que você não sabe se deve sair correndo ou ficar bem quieto aonde você está?

Pois eu estava exatamente assim!

Sou muito curioso, mas aquilo estava parecendo história de doido.

Como falo mais do que devo, perguntei meio encabulado, sem conseguir olhar diretamente para a mulher que estava à minha frente:

– Desculpe, eu acho que não entendi direito. O segredo de um casamento duradouro está em se casar 4 vezes? Podia jurar que vocês são casados há muitos anos!

O senhor me respondeu rapidamente e pegou novamente a sua bebida:

– Sim, você acertou! Somos casados há muitos anos. Para ser mais exato, somos casados há mais de 45 anos!”

imagem_05

Nesse momento fiquei confuso de vez e meus pensamentos procuravam sentido naquela conversa…

Como assim… Casados há mais de 45 anos?

Como assim… Os dois já se casaram 4 vezes?

Como assim… 4 festas como manda o figurino?

Fiz uma conta rápida de cabeça – naquela época não existia smartphones, então foi fácil fazer de cabeça, afinal era comum fazer contas de cabeça há 20 anos.

O senhor tinha quase 70 anos de idade
– 45 anos de casados
= 25 anos

Como falo mais do que devo, perguntei:

– Quando vocês se casaram, o senhor tinha 25 anos?

imagem_06

O senhor fez que sim, balançando a cabeça, enquanto tomava mais um gole da sua bebida.

O dia estava bem quente. E para quem conhece Brasília em um dia quente, entende a importância de uma bebida bem gelada nessas circunstâncias!

Alguma coisa nessa história não estava certa…

Era quase impossível!

Eles tinham quase a idade da minha avó e naquela época não era muito comum alguém se casar várias vezes.

Minha cabeça estava quase dando um nó, tentando fechar aquela conta!

Pensei, quase falando em voz alta:

– Como essa conta fecha? Ele se casou com 25 anos…

– Como os dois conseguiram se casar 4 vezes sendo que o casamento deles tem mais de 45 anos?!

– Como eles conseguiram se casar 4 vezes e se separar antes dos 25 anos?!

Impossível!!

imagem_01

Se fosse hoje, teria pegado o celular para conferir a conta na calculadora, porque alguma coisa estava muito errada!

A senhora deu aquele sorriso com o canto da boca, continuou fazendo carinho nele e disse:

– Esse é o segredo de um casamento duradouro: case-se várias vezes!

– Mas tem que ser com tudo que tem direito, senão não funciona!

Sou muito curioso, me acomodei melhor na cadeira e desisti de sair daquela mesa. Estava tão interessado em saber mais sobre essa história inusitada que não sairia daquela mesa por nada nesse mundo!

Fiquei parado escutando para tentar entender toda aquela história.

O senhor disse:

– Viu, garoto? Escute bem esse conselho para um casamento duradouro: case-se e celebre várias vezes!

Antes que eu pudesse falar ou pensar qualquer coisa, ele continuou:

– E o mais importante…

Ele fez mais uma pausa para tomar calmamente outro gole da sua bebida.

Ele continuou:

– …É se casar várias vezes com a mesma pessoa!

imagem_07

Nesse momento, caí na gargalhada!

Tudo fez sentido!

Era tudo verdade:

4 casamentos

4 luas de mel

4 casas novas,

Tudo com a mesma pessoa!

E eu não era o primeiro a ficar parado com cara de doido para aquela história!
(Talvez você tenha ficado com a mesma cara que eu naquele momento, sem nem saber como agir!)

Era um casal de senhores com um astral fenomenal e uma alegria de viver de dar inveja a muita gente com metade da idade deles.

Já haviam contado aquela história tantas vezes que faziam todo aquele suspense intencionalmente!

Era uma brincadeira interna deles.

Aquele simpático casal brincando me chamou tanta atenção que me fez ficar a festa inteira na mesa conversando com eles.

Foi uma experiência super agradável e que ficou marcada até hoje.


E não acaba por aí… A história ainda conseguiu ficar melhor!

imagem_08

Até o final da noite outras pessoas se juntaram a nossa mesa.

E o simpático casal fez a mesma encenação com suspense.

Fiquei só curtindo cada uma das vezes que outra pessoa se sentava à mesa e ficava intrigada para saber o segredo de um casamento duradouro.

Não sei como a história chegou nesse ponto, mas um rapaz que se sentou à mesa – estava noivo e organizando o casamento – disse um pouco revoltado:

– Muito romântica essa história, mas vocês só conseguiram fazer isso porque devem ser ricos!

E continuou:

– Requer muito dinheiro para fazer 4 festas, 4 viagens e 4 casas novas!

No auge dos meus 15 anos, balancei a cabeça e concordei com o rapaz que estava noivo, mesmo sem saber nada a respeito de casamentos, afinal, ainda era um garoto.

O jovem senhor casado 4 vezes com a mesma pessoa após 45 anos, parou novamente, tomando sua bebida com a mesma velocidade do início da noite e disse:

– Não, pelo contrário!

E o jovem senhor continuou:

– Não se trata de dinheiro e sim de AMOR!

E o jovem senhor parou para tomar outro gole da sua bebida…

Nesse momento, um pouco irritado, o rapaz que estava noivo disse:

– Como não se trata de dinheiro?

– Amor não paga as contas de todo esse processo!


E quem disse que a felicidade está onde se tem dinheiro?

imagem_09

O jovem senhor, próximo dos seus 70 anos, disse:

– A felicidade não está, necessariamente, ligada ao dinheiro!

Pausa para outro gole de bebida.

Não te disse detalhes do casamento: para quantas pessoas, o local, o que comemos e bebemos!

imagem_10

Não te disse detalhes da lua de mel: para aonde viajamos, quantos dias ficamos fora, qual meio de transporte foi utilizado!

imagem_11

Não te disse detalhes da nossa casa: qual o tamanho, se é casa própria ou alugada, se a casa nova foi nova por completo, novo endereço e móveis ou somente uma repaginada, pintando paredes e trocando estofados!

O jovem Noivo balançando a cabeça concordando com tudo que escutava e esperou pelo restante da conversa.


Infelizmente nem todas as histórias tem um final feliz…

O jovem senhor continuou:

– Tenho amigos com a minha idade que não cuidaram do relacionamento e já se casaram 4 vezes também.

– E não foi com a mesma pessoa!

– Eles gastaram muito, muito com todo esse processo. E sabe o que foi pior?

– Foi o desgaste emocional dele e da família em cada mudança de relacionamento!

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Agora… O melhor ficou para o final: O SEGREDO!

E o jovem senhor parou para tomar outro gole da sua bebida.

Nesse momento ele olhou para sua esposa e disse algumas poucas palavras.

Essas palavras fizeram todo sentido para mim e carrego elas até hoje comigo.

– A cada 10 anos fazíamos todo o processo novamente, cerimônia com festa, lua de mel e mudanças na casa.

– Porque eu te falo que não se trata de dinheiro?

– As melhores partes não tinham a ver com dinheiro…

Novo gole e uma pausa de suspense na conversa.


A magia está no processo! – Planejamento!!

imagem_13
Então ele explicou que o processo que antecedia cada comemoração dos 10 anos era sempre a melhor parte. De 2 a 3 anos antes de completar os 10 anos, algumas mudanças começavam no casal:

Preocupação com aqueles quilos a mais que não ficariam bons na festa ou no biquíni da viagem de lua de mel, resultando em melhoria de vida e consequentemente na felicidade do casal;

Os preparativos eram sempre precedidos de muitas conversas, jantares, planos e preparativos que os aproximavam e davam mais vida ao relacionamento;

Os encontros que faziam a cada 10 anos eram com pessoas que realmente faziam parte da história deles e a cada celebração a lista ficava ainda mais bem selecionada com pessoas que realmente importavam;

Toda essa transformação fazia com que eles se casassem novamente com a mesma pessoa… Contudo, essa pessoa não era mais a mesma. Ela se modificou durante o processo.

Nos anos de preparação para o novo evento:

O casal ficava mais feliz!
O casal ficava mais jovem!
O amor do casal aumentava!

imagem_14

Você, noiva, está tendo a excelente oportunidade de começar sua história sabendo desse conselho para felicidade que me foi passado a muitos anos por esse JOVEM VELHO CASAL…

E agora o que você vai fazer com esse conselho?
Ler e achar que não é para você…
ou
Desejar um casamento duradouro e fazer sua história se renovar a cada 10 anos?!


Que tal você fazer um teste com alguns amigos?!

Você conhece algum jovem casal que está com quase 7 anos de casado?

Caso sim, envie este artigo para eles e veja como ficará o casamento deles nos próximos 3 anos caso eles sigam este CONSELHO (que eu recebi quando tinha somente 15 anos e carrego comigo até hoje…)

Para renovar a casa, com relação à arquitetura o Quem Casa Quer Casa pode ajudar esse casal! Agora o resto é com eles…


Eu, Alexandre tenho somente 5 anos de casado. Então, daqui a 5 anos contarei minha história para vocês aqui no Quem Casa Quer Casa

Caso você tenha alguma história sobre casamentos duradouros, clique aqui e conte pra gente.

Quem não AMA finais felizes?!


Gostou desse artigo e acredita que ele pode ajudar

uma amiga a ter um casamento duradouro?!

Compartilhe-o nas redes sociais!

 

Ah! E se inscreva também em nossa lista de e-mail para receber com exclusividades novidades do Quem Casa Quer Casa!

Afinal… Quem Casa Quer Casa!

E com amor duradouro!

 

Facebook Comments

Website Comments

  1. Felipe
    Responder

    Que bonito esse texto, gostei bastante.
    Engraçado como hoje em dia as pessoas tornaram o casamento algo tão banal.
    Acredito firmemente na instituição do casamento e tenho certeza que é justamente a falta dessa instituição hoje em dia que temos tantos problemas como temos hoje.

Post a comment